google-site-verification=jtTwsz0AnQZZKmslpC3319k2EOyhn1wJOGUf20iXEF4

A DIVINA ENCRENCA - Same (CD)

Duplo clique na imagem acima para visualizá-la maior

Reduzir
Aumentar

Mais Visualizações

A DIVINA ENCRENCA - Same (CD)

Enviar para um amigo

Seja o primeiro a comentar este produto

Disponibilidade: Esgotado

R$30,00

Descrição Rápida

Este CD traz, pela primeira vez, as sessões completas do único álbum do trio DIVINA INCRENCA (1980), pioneiro da cena instrumental vanguardista paulistana entre 1976 e 1981, ao lado de conjuntos com o Grupo Um e o Pé Ante Pé.

Além de um encarte especial de 20 páginas com fotos inéditas e textos dos próprios artistas, esta edição traz ainda 6 faixas bônus inéditas.

Descrição do Produto

FAIXAS:

1. Cheguei lá e tal... 3’05”

2. Canção para ela / Balão 7’20”

3. Pérola* 2’38”

4. Frevo do cheiro (nois sofre + nois goza) 2’40”

5. Friii-tz 5’21”

6. A lira e a gira 5’31”

7. Balão* (fragmento) 1’11”

8. Ainda bem que não flalta fauta 3’10”

9. Ufa! 3’49”

10. Conforme o dia (Filomena) 4’10”

11. Cheguei lá e tal... II* 3’30”

12. Friii-tz II* 5’03”

13. Teco Cardoso - Voz* 0’34”

14. Viva Rodgers** 6’27”

15. Pérola II* 2’29”

*Bônus **Bônus ao vivo

-----------------------------------------------------------------------------

MÚSICOS

Felix Wagner
piano, clarinete alto, vibrafone, percussão, flauta 

Rodolfo Stroeter
baixo acústico e elétrico, percussão 

Azael Rodrigues
bateria, vibrafone, percussão 


CONVIDADOS :

Mauro Senise
sax alto e soprano 

Claus Premê
flauta 

Roberto Sion
sax alto

--------------------------------------------------------------------------------------------

A banda agendou u show que teve como objetivo o lançamento do cd “Divina Increnca” com um repertório formado por músicas do cd (composições próprias) e temas que eram tocados pelo grupo (clássicos do Jazz -Miles Davis, Coltrane e do Funk-jazz - Herbie Hancock) e também alguns novos arranjos (Smells like teen spirit - Nirvana).

O Grupo é formado por Azael Rodrigues na bateria, Ricardo Castellanos ao piano acústico, Sidiel Vieira no baixo acústico e como convidado especial o trombonista Bocato.

Na resenha do jornal “Folha de São Paulo” o trabalho recebeu a cotação “Bom” e o crítico Carlos Calado escreveu: “ Quem pensa que a lendária vanguarda paulista era só Arrigo, Itamar e Rumo, precisa conhecer o trio”.

Tags do Produto

Utilize espaços para separar tags. Utilize aspas simples (') para frases.