google-site-verification=jtTwsz0AnQZZKmslpC3319k2EOyhn1wJOGUf20iXEF4

A DIVINA ENCRENCA - Same (CD)

Duplo clique na imagem acima para visualizá-la maior

Reduzir
Aumentar

Mais Visualizações

A DIVINA ENCRENCA - Same (CD)

Enviar para um amigo

Seja o primeiro a comentar este produto

Disponibilidade: Em estoque

R$30,00

Acrescentar itens ao carrinho
OU

Descrição Rápida

Este CD traz, pela primeira vez, as sessões completas do único álbum do trio DIVINA INCRENCA (1980), pioneiro da cena instrumental vanguardista paulistana entre 1976 e 1981, ao lado de conjuntos com o Grupo Um e o Pé Ante Pé.

Além de um encarte especial de 20 páginas com fotos inéditas e textos dos próprios artistas, esta edição traz ainda 6 faixas bônus inéditas.

Descrição do Produto

FAIXAS:

1. Cheguei lá e tal... 3’05”

2. Canção para ela / Balão 7’20”

3. Pérola* 2’38”

4. Frevo do cheiro (nois sofre + nois goza) 2’40”

5. Friii-tz 5’21”

6. A lira e a gira 5’31”

7. Balão* (fragmento) 1’11”

8. Ainda bem que não flalta fauta 3’10”

9. Ufa! 3’49”

10. Conforme o dia (Filomena) 4’10”

11. Cheguei lá e tal... II* 3’30”

12. Friii-tz II* 5’03”

13. Teco Cardoso - Voz* 0’34”

14. Viva Rodgers** 6’27”

15. Pérola II* 2’29”

*Bônus **Bônus ao vivo

-----------------------------------------------------------------------------

MÚSICOS

Felix Wagner
piano, clarinete alto, vibrafone, percussão, flauta 

Rodolfo Stroeter
baixo acústico e elétrico, percussão 

Azael Rodrigues
bateria, vibrafone, percussão 


CONVIDADOS :

Mauro Senise
sax alto e soprano 

Claus Premê
flauta 

Roberto Sion
sax alto

--------------------------------------------------------------------------------------------

A banda agendou u show que teve como objetivo o lançamento do cd “Divina Increnca” com um repertório formado por músicas do cd (composições próprias) e temas que eram tocados pelo grupo (clássicos do Jazz -Miles Davis, Coltrane e do Funk-jazz - Herbie Hancock) e também alguns novos arranjos (Smells like teen spirit - Nirvana).

O Grupo é formado por Azael Rodrigues na bateria, Ricardo Castellanos ao piano acústico, Sidiel Vieira no baixo acústico e como convidado especial o trombonista Bocato.

Na resenha do jornal “Folha de São Paulo” o trabalho recebeu a cotação “Bom” e o crítico Carlos Calado escreveu: “ Quem pensa que a lendária vanguarda paulista era só Arrigo, Itamar e Rumo, precisa conhecer o trio”.

Tags do Produto

Utilize espaços para separar tags. Utilize aspas simples (') para frases.