google-site-verification=jtTwsz0AnQZZKmslpC3319k2EOyhn1wJOGUf20iXEF4

Skip to Store Area:

Megahard Records and Progressive Rock are back !!!!!

GAMMA RAY - Empire of The Undead (CD) Melodic Heavy Metal - FRETE GRATIS

Duplo clique na imagem acima para visualizá-la maior

Reduzir
Aumentar

Mais Visualizações

GAMMA RAY - Empire of The Undead (CD) Melodic Heavy Metal - FRETE GRATIS

Enviar para um amigo

Seja o primeiro a comentar este produto

Disponibilidade: Em Estoque.

R$30,00
Acrescentar itens ao carrinho Adicionar ao Carrinho

Descrição Rápida

Nos últimos dois anos os deuses do power metal alemão passaram por inúmeros problemas (a saída do baterista de longa data Daniel Zimmermann, substituído por Michael Ehré, e o incêndio no estúdio da banda durante a turnê na América do Sul).

Era difícil saber se o décimo álbum da banda realmente iria render com tais imprevistos. Quatro anos após o mediano ´´To the Metal``,´´Empire of the Undead`` finalmente dá as caras, mostrando que algo realmente positivo aconteceu nas mentes criativas de Kai Hansen e cia.



O álbum tem uma pegada mais pesada e thrash, e talvez de primeira soe para alguns ouvintes meio diferente, mas de uma maneira geral, agradável (como sempre).

 

Logo de partida temos "Avalon", um épico bem ao estilo "Rebellion in Dreamland". A música mistura a melodia tradicional da banda com um ritmo pesado e bem empolgante (nada de speed metal!). Riffs pesados,´´quebradas`` de tempo e um refrão pegajoso bem no estilo ´´IRON MAIDEN``, o que mais esperar desta música?

Após este ótimo começo segue-se "Hellbent",um verdadeiro speed metal matador e bem executado pelos ´´Raios Gama``,feita para aqueles que realmente curtem um som mais direto.

"Pale Rider" mostra as primeiras contribuições do baterista Michael Ehré com a banda. É uma música sólida e inteiramente pesada, deixando de lado certas melodias para ´´descer o cacete`` num refrão bem Gamma Ray, só que mais pesado (Burn moterfucker!). Em contrapartida, "Born to fly" é rápida e ´´meio alegre``, não deixando de ser agradável, com Henjo Richter fritando nos solos junto de Kai Hansen (aliás, na maior parte deste CD, eles estão loucos!).

As conhecidas "Master of Confusion" e "Empire of the Undead" nem surpreendem, isso por que desde seu lançamento nas demos já sabíamos que estavam na lista dos destaques do CD.

"Time for deliverance" pode ser considerada como um "No need to Cry" aperfeiçoado (e suas letras também se conectam de certa forma). É uma balada com um jeitão bem Queen, e seu refrão talvez lembre ´´We are the Champions``(ou até ´´Tonight`` de Joe Cocker, mas isso não vem ao caso).

Talvez de início "Demonseed" acabe soando meio estranha para muitos ouvintes, mas depois de umas duas ou três escutadas ela será bem assimilada. É uma música bem diferente do Gamma Ray, com uma pegada bem Rock`n Roll, misturada ao peso do Empire (com um momento bem Maiden dos tempos atuais lá no finalzim da musica).

De longe, a música mais fraca do CD é "Seven", sendo bastante parecida com "Master of Confusion", algo meio broxante (ouvir duas músicas parecidas em um CD é meio estranho), mas não tão ruim (existem momentos bem agradáveis na música, como a ´´quebrada`` bem no estilo "Victims of Fate" do Helloween, mas nada que soe similar).

Finalmente,"I will Return" chega para fechar com chave de ouro este ótimo CD. Com um começo bem ´´March of time`` do Helloween, a música vem com a dose certa de velocidade, peso e harmonia no melhor estilo Ray, com solos matadores de Kai Hansen e principalmente Henjo Richter.

Empire of the Undead é um álbum pesado e bem distinto do Gamma Ray. Ainda sim, é um disco que mantém todas as ´´tradições`` da banda, investindo sem medo de tropeçar, mas também sem toda aquela preocupação e vontade de mudar (mas que poesia mais idiota kkkkk!)

No calor do momento, o álbum pode soar meio diferente e estranho,mas depois de mais algumas ouvidas você verá que o mesmo soa no melhor estilo da banda, PURO METAL!

Integrantes:
Kai Hansen - Guitarras e vocais
Henjo Richter - Guitarras
Dirk Schlächter - Baixo
Michael Ehré - Bateria

Músicas:

1-"Avalon" (Kai Hansen)-9:21
2-"Hellbent" (Hansen)-5:22
3-"Pale Rider" (Música: Michael Ehré/Letras:Hansen)-4:23
4-"Born to Fly" (Henjo Richter)-4:31
5-"Master of Confusion" (Hansen)-4:54
6-"Empire of the Undead" (Hansen/Piet Sielck)-4:25
7-"Time for Deliverance" (Dirk Schlächter)-5:10
8-"Demonseed" (Schlächter)-6:38
9-"Seven" (Hansen)-5:07
10-"I Will Return" (Richter)-6:55

Canções bônus:
Japão-11-Someday
Europa- 11-Built A World (Hansen/Mandy Meyer-Canção abandonada pelo Unisonic)

Acrescentar suas Tags:
Acrescentar Tags
Utilize espaços para separar tags. Utilize aspas simples (') para frases.