google-site-verification=jtTwsz0AnQZZKmslpC3319k2EOyhn1wJOGUf20iXEF4

Megahard Records and Progressive Rock are back !!!!!

Bem Vindo e volte sempre !!!!

Você está agora em:

IRISH COFFEE - Same (CD+7 Bonus Tracks), 70s Belgium Hard Progressive, Very Rare, 1 Cópia no estoque, FRETE GRATIS

Duplo clique na imagem acima para visualizá-la maior

Reduzir
Aumentar

Mais Visualizações

IRISH COFFEE - Same (CD+7 Bonus Tracks), 70s Belgium Hard Progressive, Very Rare, 1 Cópia no estoque, FRETE GRATIS

Enviar para um amigo

Seja o primeiro a comentar este produto

Disponibilidade: Em Estoque.

R$120,00
Acrescentar itens ao carrinho
OU

Descrição Rápida

The Belgian hard-rock band IRISH COFFEE recorded a first eponymous album in 1971.

The singer William SOUFFREAU has a tone colour near to that one of Roger CHAPMAN (FAMILY), whereas his colleague VAN DER SCHUEREN creates superb guitar solos.

The remarkable organ parts can even evoke STILL LIFE.

-------------NOSSOS CATÁLOGOS ATUALIZADOS -----------------

Caso se interessem, abaixo seguem os nossos catálogos nos links abaixo, podendo abrir no celular ou desktop.


Caso os links não abram, favor nos informar e enviaremos os catálogos como anexos.


1) CDs, DVDs e LPs de HEAVY-METAL, POP-CLASSIC ROCK, IMPORTADOS E NACIONAIS, divididos em 7 Abas;


https://1drv.ms/x/s!AtYtyMXxmUGYgiFO4jUb1uUkdVXp


2)  CDs, DVDs e LPs de ROCK PROGRESSIVO & JAZZ-ROCK, Importados e nacionais, divididos em 3 Abas;


https://1drv.ms/x/s!AtYtyMXxmUGYgQFvYHa4RlAyVpb9 

 

3) Catálogo de CAMISETAS Full (Total), Malha Excelente Qualidade e Costura DUPLA


https://1drv.ms/b/s!AtYtyMXxmUGYgh4ApMfmkwvdom8n


4) Catálogos de CDs, DVDs e LPs, Nacionais e Estrangeiros,  que estão sendo finalizados, assim podemos enviar os links caso solicitado :


A) Jazz & Blues

B) Clássicos e Eruditos

C) Trilhas Sonoras e Novelas

D) Cantores e Cantoras

E) DJ, Rap, Soul, Reggae, Funk, Hip-Hop, Disco, Electronic, House, R&B, Contemporary, ...

F) Infantis

G) Bossa Nova/MPB

H) Orquestras e Óperas

I) Classic Rock-PopJ) Rock Brasileiro


Temos catálogos  de LPs (Vinis), Importados e Nacionais, Novos e Usados, raros e Relançamentos 180gramas. Caso se interesse, favor solicitar para enviarmos os links.


Se tiver interesse em outros produtos quando tiver baixado os catálogos, favor entrar em contato para combinarmos o pagamento e verificar disponibilidade dos produtos no estoque (alguns com poucas quantidades) e negociarmos os preços e descontos. Todos os produtos são ORIGINAIS.


Abaixo seguem os nossos dados para contato. 

Abraços,

Marcio de Mello Moreira
Megahard-Progressive

 

Tel: (11) 3447.4996 (Fixo), 9.9970.1677 (WhatsApp)

Email : megahard@progressive.com.br

https://www.facebook.com/MegahardProgressive

https://www.instagram.com/progmega/

https://twitter.com/MegahardProgres

https://soundcloud.com/mega-prog

Descrição do Produto

Studio Album, released in 1971

Songs / Tracks Listing

1. Can't Take It (4:05)
2. The Beginning Of The End (6:18)
3. When Winter Comes (4:50)
4. The Show (Part I) (2:31)
5. The Show (Part II) (2:59)
6. Hear Me (3:58)
7. A Day Like Today (6:51)
8. I'm Lost (4:32)

total time: 37:31

CD reissue:

1. Masterpiece (3:04)
2. Can't Take It (4:06)
3. The Beginning Of The End (6:19)
4. When Winter Comes (4:51)
5. The Show (Part I) (2:53)
6. The Show (Part II) (2:59)
7. Hear Me (4:00)
8. A Day Like Today (6:52)
9. I'm Lost (4:30)
10. Carry On (3:11)
11. Child (3:43)
12. Down Down Down (2:38)
13. I'm Alive (4:11)
14. Witchy Lady (2:55)
15. I'm Hers (4:40)

Line-up / Musicians

- William Souffreau / vocals, guitar
- Jean Van Der Schueren / lead guitar
- Willy De Bisschop / bass
- Paul Lambert / Hammond organ
- Hugo Verhoye / drums
- Luc De Clus / lead guitar on "Witchy Lady" & "I'm hers"
- Raf Lenssens / drums on "Witchy Lady", "I'm hers", "Down down down" & "I'm Alive"
- Dirk Dierickx / backing vocals on "Masterpiece" & "The Show"

Releases information

LP: Triangle (1971)
CD: Voodoo (1992) (CD reissue with bonus tracks)

Tracks 10 & 11 taken from single 'Carry On / Child' released in 1971.
Tracks 12 & 13 taken from single 'Down Down Down / I'm Alive' released in 1972.
Tracks 14 & 15 taken from single 'Witchy Lady / I'm Hers' released in 1973.

A origem do Irish Coffee pode ser rastreada até outra banda chamada The VooDoo, que foi formada em 1969.

Antes da banda ser chamada Irish Coffee, eles eram conhecidos como The Voodoo .... 4 membros saíram de uma banda onde tocaram com Rocco Granata ... lembre-se de "Marina"!

No começo, eles tocavam apenas covers de bandas como Deep Purple, Led Zeppelin, The Who e The Kinks, em um clube chamado "El Gringo", perto de Aalst, na Bélgica.

Lá eles conheceram Louis de Vries, gerente de The Pebbles, com quem assinaram um contrato.

Eles mudaram seu nome para Irish Coffee, com a banda formada no momento pelo guitarrista e cantor William Souffreau, guitarrista Jean Van Der Schueren, baixista Willy De Bisschop, tecladista Paul Lambert e baterista Hugo Verhoye.

A banda foi à Antuérpia para gravar seu primeiro single, "Masterpiece" (em preto e branco "The Show"), em um estúdio de gravação de 8 faixas.

"Masterpiece" alcançou sucesso nas paradas belgas, alcançando o número 5 na lista nacional única da revista HUMO e foi tocada durante concertos e programas de televisão na Bélgica e na França.

Desde que eles compartilharam o mesmo gerente, o Irish Coffee fez muitos shows com o The Pebbles e também apoiou bandas e artistas conhecidos como Dr Feelgood, Colosseum, Chris Farlowe, Uriah Heep, Focus e Chicken Shack, entre outros.

Em 1971, o álbum auto-intitulado da banda foi lançado pela Triangle Records, com todas as faixas do LP sendo escritas principalmente por Souffreau e Van Der Schueren.

Em setembro de 1971, um single que uniu as músicas "Carry On" e "Child" foi lançado, novamente na Triangle Records, e essas músicas foram adicionadas posteriormente como faixas bônus à reedição de 1992 do álbum Irish Coffee da gravadora Voodoo.

A banda tocou tantos shows que Hugo Verhoye decidiu sair, e ele foi substituído por Raf Lenssens antes que a música "Down Down Down" fosse lançada como single no final do ano.

Na primavera de 1973, Jean Van Der Schueren deixou a banda para continuar seus estudos de violão clássico, e ele foi substituído por Luc De Clus, que tocava violão desde os cinco anos de idade.

Em junho de 1974, "Witchy Lady" (b / w "I'm Hers") foi lançada pela gravadora Barclay Records e recebeu uma quantidade bastante grande de rádio nas rádios, mas infelizmente não alcançou as paradas.

Rompimento :

Junto com o envolvimento deles com o Irish Coffee, Lenssens, Lambert, De Bisschop e De Clus também apoiaram o cantor Wim De Craene, e ao retornar de um dos shows de De Craene em novembro de 1974, eles sofreram um acidente de carro.

Paul Lambert morreu e Lenssens ficou gravemente ferido, resultando no final do "Irish Coffee".

Em 1975, a banda mudou seu nome para Joystick com a adição do novo tecladista Luc Coppens, mas essa configuração da banda não lançou um álbum.

Parte do material gravado do Joystick foi incluído no álbum da Irish Coffee, lançado pela gravadora Fuzzy em 2004.

Nos anos 80, Souffreau fez muitas apresentações com sua banda Oh Boy, e em 1990 ele se apresentou como cantor e compositor, lançando vários álbuns.

No final dos anos 90, ele formou a banda de rockabilly Blink It e lançou dois álbuns com essa banda.

Hugo Verhoye e Luc De Clus eram ambos membros de Oh Boy e Blink It.

RenascimentoEm 1992, os ex-membros da banda lançaram gravações do Irish Coffee em CD em sua própria gravadora Voodoo Records e fizeram um show de reunião em 9 de julho de 1993 em Aalst.

A formação para este concerto incluía Souffreau, Verhoye e De Clus, junto com Geert Maesschalk no baixo e Chris Taerwe nos teclados.

A banda reformada começou a tocar concertos e clubes em 2002 e tinha novas músicas até o final de 2003.

"Brand New Day" foi lançado como um single promocional em 2004.

Seu álbum auto-intitulado foi lançado pela Fuzzy Records em 2004 e é dedicado a Paul Lambert.

O Irish Coffee começou a gravar novamente em 2010 e ativo desde então.

A banda gravou dois novos álbuns: Revisited in 2013 e When the Owl Cries in 2015.

Tags do Produto

Acrescentar suas Tags:
Utilize espaços para separar tags. Utilize aspas simples (') para frases.
 

Meu Carrinho

Você não tem itens no seu carrinho de compras.

Comparar Produtos

Você não tem itens para comparar.

Pesquisa

Qual é o CD de Metal Melodico/Power Metal da Gravadora Megahard que você mais gosta ?
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Silent-Cry-4CDs-Remembrance-Goddess-DarkLife-Hypnosis

Dragonland_Holy_War_cdMarco_Antonio_Araujo_Lucas_cdhighlord-when-the-aurora-falls-1cdDogma_Twin_Sunrise_cdGlory_Opera_Rising_Moanga_cdFernando_Pacheco_Himalaia_cdAllegro_Same_cdArion_Same_cdSeven_Gates_Unreality_cdGenocidio_Depression_cd

Dogma_Twin_Sunrise