google-site-verification=jtTwsz0AnQZZKmslpC3319k2EOyhn1wJOGUf20iXEF4

Push - Running To the Top (CD)

Duplo clique na imagem acima para visualizá-la maior

Reduzir
Aumentar

Mais Visualizações

Push - Running To the Top (CD)

Enviar para um amigo

Seja o primeiro a comentar este produto

Disponibilidade: Esgotado

R$40,00

Descrição Rápida

O PUSH é uma das novas bandas brasileiras que toca um Power Metal correto sem nenhum teclado! Eles nos trazem grandes composições e verdadeiros hinos! Os rapazes são de Santos, próximo a São Paulo e se juntaram em 1998. O baixista Ney Anies tocava nesta época em 2 bandas. Uma delas era o SAVAGE POWER que tocava no estilo do VIPER antigo e a outra banda era o NO WARNING que era mais no estilo Megadeth. Com alguns rapazes desta banda ele decidiu formar sua própria banda. O guitarrista Paulo sérgio e o batera Rod Luzzi vieram do SAVAGE POWER e o guitarrista Paulo Marcos do NO WARNING. Juntos e sob o nome PUSH eles gravaram a primeira demo "A Push to the top" em 1999. Não tinham muito dinheiro e para financiar a demo eles fizeram um jingle para uma loja de surf! A gravadora Megahard sentiu-se atraída por eles e ofereceu-lhes um contrato e agora possuem uma nova pérola em seu catálogo! Para verdadeiros fãs de Metal há apenas uma solução: comprar! Não posso esperar pelo novo lançamento!! http://www.metaleros.de/countries/brazil/push.html

Descrição do Produto

A banda santista Push, que toca um power metal melódico de alta qualidade, coloca no mercado pela gravadora Megahard seu primeiro disco, intitulado "Running To The Top". Formado por Paulo Sérgio (vocal e guitarra), Ney Anies (baixo), Rod Luzzi (bateria) e Paulo Marcos (vocal e guitarra), a banda demonstra ser composta por músicos de qualidade, que de certa forma não conseguem esconder a influência de bandas como Gamma Ray e Helloween, da época do "Walls Of Jericho". O disco é porrada do começo ao fim, sem dar tempo para o ouvinte respirar. O destaque da banda fica por conta da presença dos dois vocalistas, que tornam o Push bastante original. Os vocais dos dois "Paulos" combinam muito bem, as linhas de vozes foram muito bem elaboradas e os dois rapazes demonstram um bom entrosamento. A cozinha também segura as pontas e o destaque fica para o baixista Ney, que é muito técnico. Na faixa de abertura, "No More Illusions", os dois vocalistas fazem um ótimo trabalho no refrão, enquanto a faixa "Lost In Time" com um refrão grudento, acerta em cheio no gosto dos fãs do estilo. Porém, o destaque do disco, sem sombra de dúvidas é a impressionante "Running To The Top", a faixa título do álbum. O início da música é avassalador e empolgante e as demais passagens da canção são muito bem elaboradas, fazendo com que essa música seja o "carro chefe" do disco. A faixa "Terror In A Dreamland", demonstra uma outra grande influência da banda: Megadeth. É impressionante como o Push conseguiu soar tão parecido com a banda de Mustaine. Além das 10 faixas próprias, o disco ainda conta com um cover de "Sabbath Bloody Sabbath", do Black Sabbath, interessante. O grande pecado do disco de estréia do Push fica por conta da fraca produção. Se a banda tivesse investido mais nesse quesito, com certeza o resultado final seria muito mais interessante. A gravação ficou abafada, o que acabou deixando o som muitas vezes embolado. Porém esse problema não tira os méritos da banda santista, que tem muita estrada pela frente e já aponta como uma das grandes promessas do Metal nacional. Fonte: Running To The Top - Push - Resenhas de CDs http://whiplash.net/materias/cds/002535-push.html#ixzz1jZwGRYLw A banda PUSH teve início em julho de 1998, na cidade de Santos - SP e foi fruto de uma idéia do baixista Ney Anies. Com a intenção de fazer um Heavy Metal pesado e agressivo, porém com melodias, o Push foi na verdade uma junção de duas bandas conhecidas do antigo underground da baixada santista; Savage Power e No Warning. O Savage Power fazia um som na linha do Viper antigo ("Soldiers Of Sunrise") e o No Warning era do estilo do Megadeth. As duas bandas sempre tocavam juntas e o baixista Ney Anies fazia parte de ambas. Com incessantes trocas de formação, tanto no Savage Power como no No Warning, ambas as bandas chegaram ao seu fim. Algum tempo depois, Ney teve a idéia de juntar as duas partes e fazer uma banda nova e diferente. Para isso, chamou Paulo Sérgio (G/V do Savage Power) e Paulo Marcos (G/V do No Warning). Com sua base formada, o Push precisava de um baterista, e para o posto foi chamado Rod Luzzi, que teve uma passagem pelo Savage Power. A banda estava formada e com isso começaram os ensaios e as novas composições com dois vocais. Em janeiro de 1999, gravaram seu primeiro CD demo, intitulado "A Push To The Top", com três faixas: "Running To The Top", "Terror In A Dreamland" e "Lost in Time". Com ótima aceitação do público e da mídia especializada, pode-se dizer que o CD-Demo foi um sucesso e sem dúvida um grande passo. Também graças ao CD-Demo, veio o contrato com a gravadora "Megahard Records" em novembro de 1999. No início de 2000, começaram a gravar o que seria o primeiro CD, mas infelizmente devido às restritas condições que lhes foram proporcionadas, a gravação não ficou boa e a banda atravessou uma fase de muitas dificuldades. Tiveram que gravar tudo novamente, dessa vez, em outro estúdio, em Santos, mais uma vez dentro das condições que lhes foram possíveis. Finalmente, após tantos problemas, em outubro de 2001 saiu o primeiro CD, intitulado "Running To The Top". Com onze faixas, sendo uma delas uma versão pesadíssima de "Sabbath Bloody Sabbath" (Black Sabbath). O CD teve ótma aceitação do público e da mídia. Hoje em dia o Push não conta mais com Rod Luzzi e para seu lugar foi chamado Vortex, posteriormente substituído por Fernando Duin. Formação: Paulo Sérgio - Vocal e Guitarra Paulo Marcos - Vocal e Guitarra Ney Anies - Baixo Vortex - Bateria Fonte: Push - Biografias http://whiplash.net/materias/biografias/038733-push.html#ixzz1jZwT1msw Tracklist 1. No More Illusions 2. Lost in Time 3. Foregone Conclusion 4. Signs of the Mind 5. Running to the Top 6. Life Will Last Forever 7. Night After Night 8. Embrace of the Eternity 9. Wake Up to Reality 10. Terror in a Dreamland 11. Sabbath Bloody Sabbath (Black Sabbath Cover)

Tags do Produto

Utilize espaços para separar tags. Utilize aspas simples (') para frases.