google-site-verification=jtTwsz0AnQZZKmslpC3319k2EOyhn1wJOGUf20iXEF4

Megahard Records and Progressive Rock are back !!!!!

Bem Vindo e volte sempre !!!!

Você está agora em:

TEMPUS FUGIT - Tales From a Forgotten World (CD) - FRETE GRATIS - RARO - ÚLTIMA CÓPIA NO ESTOQUE

Duplo clique na imagem acima para visualizá-la maior

Reduzir
Aumentar

Mais Visualizações

TEMPUS FUGIT - Tales From a Forgotten World (CD) - FRETE GRATIS - RARO - ÚLTIMA CÓPIA NO ESTOQUE

Enviar para um amigo

Seja o primeiro a comentar este produto

Disponibilidade: Em Estoque.

R$40,00
Acrescentar itens ao carrinho
OU

Descrição Rápida

Tempus Fugit é uma banda de rock progressivo carioca, de excelente potencial musical que mistura, de uma forma bem equilibrada, passagens de grande harmonia e melodia suave, seguida por trechos mais rigorosos.

Descrição do Produto

O Tempus Fugit foi formado em 1992, no bairro de Jacarepaguá, zona oeste do Rio de janeiro. Tem como identidade a música progressiva de influência sinfônica, mediante seu potencial musical que mistura, de uma forma bem equilibrada, passagens de grande harmonia e melodia suave, seguida por trechos mais rigorosos. As letras são todas cantadas e narradas no idioma inglês (o encarte contido no CD inclui todas as letras sem tradução para o português), porém, o que predomina são grandes trechos de música instrumental. A base fundamental de inspiração do quarteto carioca é o progressivo dos anos setenta. Vejamos mais intimamente cada faixa: 1 – A abertura é feita com a peça que se chama “Prologue” (4:38). Participação de um narrador. “Prologue” funciona como um prelúdio. 2- “The City And Crystal” (7:05), tem em sua melodia principal ( teclados), um clima especial que nos dá a sensação “The City And Crystal”. A seção cantada é bem breve. É um grande momento dentro de “Tales From A Forgotten World”. 3- Uma forte característica de “The Gobliss`Trail” (7:18) é o seu tema principal que é variado inúmeras vezes. A composição é instrumental. Outro bom momento. 4- “War God” (6:12) também é integralmente instrumental com uma sonoridade mais agressiva, vigorosa. 5- “Bornera” (10:37) caracterizada por variadas seções onde alguns momentos André (teclados) sofre uma direta influência de Rick Wakeman. Mais uma vez existe a participação de um narrador. A peça “Bornera” é um dos grandes momentos de todo CD. 6- “A Song For A Distant Land” (7:02) demonstra uma característica única em comparação com as outras obras pois é praticamente toda cantada. 7- “Princesa Vanessa” (6:07). Aqui os rapazes do Tempus Fugit procuram uma sonoridade mais intimista através de instrumentos acústicos (piano, violão e bandolim). Totalmente instrumental. 8- “The Lord Of A Thousand Tales” (11:43). Agora não é fácil falar pois o momento é muito especial. André Mello (compositor e tecladista) consegue levar a música do Tempus Fugit para as altas esferas. É isso mesmo. Trata-se de um momento de grande espiritualidade e luz. Verdadeiramente singular.

Tags do Produto

Acrescentar suas Tags:
Utilize espaços para separar tags. Utilize aspas simples (') para frases.
 

Meu Carrinho

Você não tem itens no seu carrinho de compras.

Comparar Produtos

Você não tem itens para comparar.

Pesquisa

Qual é o CD de Metal Melodico/Power Metal da Gravadora Megahard que você mais gosta ?
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Silent-Cry-4CDs-Remembrance-Goddess-DarkLife-Hypnosis

Dragonland_Holy_War_cdMarco_Antonio_Araujo_Lucas_cdhighlord-when-the-aurora-falls-1cdDogma_Twin_Sunrise_cdGlory_Opera_Rising_Moanga_cdFernando_Pacheco_Himalaia_cdAllegro_Same_cdArion_Same_cdSeven_Gates_Unreality_cdGenocidio_Depression_cd

Dogma_Twin_Sunrise

Silent-Cry-4CDs-Remembrance-Goddess-DarkLife-Hypnosis

Dragonland_Holy_War_cdMarco_Antonio_Araujo_Lucas_cdhighlord-when-the-aurora-falls-1cdDogma_Twin_Sunrise_cdGlory_Opera_Rising_Moanga_cdFernando_Pacheco_Himalaia_cdAllegro_Same_cdArion_Same_cdSeven_Gates_Unreality_cdGenocidio_Depression_cd

Dogma_Twin_Sunrise