Hard+Psych 60s-70s

Hard anos 60 e 70

Lista Tabela

Direção Descendente

1-25 de 30

Página
  1. 1
  2. 2
  1. FUSE - Fuse (CD), 70s Hard Progressive, Pré- CHEAP TRICK, Very Rare, 1 Cópia no estoque, FRETE GRATIS
    R$80,00

    Raridade de 1968, um dos maiores ícones do hard antigo.

    Na verdade, o FUSE se trata da banda que antecedeu o Cheap Trick, antes sob o nome de The Grim Reapers.

    A banda estreou com o single "Hound Dog" e, na época do lançamento de seu primeiro álbum, o line-up do FUSE junta-se com os ex-integrantes do NAZZ, Robert "Stewkey" Antoni (vocal) e Thom Mooney (bateria). O

    FUSE somente muda para Cheap Trick depois da volta de seu baixista Pettersom, após um breve afastamento.

    Tracks:

    01 - Across The Skies
    02 - Permanent Resident
    03 - Show Me
    04 - To Your Health
    05 - In A Window
    06 - 4 To 4
    07 - Mystery Ship
    08 - Sad Day

    Line-up:

    Chip Greenman (bateria);

    Craig Myers (guitarra);

    Joe Sunberg (vocal);

    Rick Nielsen (guitarra);

    Tom Petersson (baixo)

    -------------NOSSOS CATÁLOGOS ATUALIZADOS -----------------

    Caso se interessem, abaixo seguem os nossos catálogos nos links abaixo, podendo abrir no celular ou desktop.


    Caso os links não abram, favor nos informar e enviaremos os catálogos como anexos.


    1) CDs, DVDs e LPs de HEAVY-METAL, POP-CLASSIC ROCK, IMPORTADOS E NACIONAIS, divididos em 7 Abas;


    https://1drv.ms/x/s!AtYtyMXxmUGYgiFO4jUb1uUkdVXp


    2)  CDs, DVDs e LPs de ROCK PROGRESSIVO & JAZZ-ROCK, Importados e nacionais, divididos em 3 Abas;


    https://1drv.ms/x/s!AtYtyMXxmUGYgQFvYHa4RlAyVpb9 

     

    3) Catálogo de CAMISETAS Full (Total), Malha Excelente Qualidade e Costura DUPLA


    https://1drv.ms/b/s!AtYtyMXxmUGYgh4ApMfmkwvdom8n


    4) Catálogos de CDs, DVDs e LPs, Nacionais e Estrangeiros,  que estão sendo finalizados, assim podemos enviar os links caso solicitado :


    A) Jazz & Blues

    B) Clássicos e Eruditos

    C) Trilhas Sonoras e Novelas

    D) Cantores e Cantoras

    E) DJ, Rap, Soul, Reggae, Funk, Hip-Hop, Disco, Electronic, House, R&B, Contemporary, ...

    F) Infantis

    G) Bossa Nova/MPB

    H) Orquestras e Óperas

    I) Classic Rock-PopJ) Rock Brasileiro


    Temos catálogos  de LPs (Vinis), Importados e Nacionais, Novos e Usados, raros e Relançamentos 180gramas. Caso se interesse, favor solicitar para enviarmos os links.


    Se tiver interesse em outros produtos quando tiver baixado os catálogos, favor entrar em contato para combinarmos o pagamento e verificar disponibilidade dos produtos no estoque (alguns com poucas quantidades) e negociarmos os preços e descontos. Todos os produtos são ORIGINAIS.


    Abaixo seguem os nossos dados para contato. 

    Abraços,

    Marcio de Mello Moreira
    Megahard-Progressive

     

    Tel: (11) 3447.4996 (Fixo), 9.9970.1677 (WhatsApp)

    Email : megahard@progressive.com.br

    https://www.facebook.com/MegahardProgressive

    https://www.instagram.com/progmega/

    https://twitter.com/MegahardProgres

    https://soundcloud.com/mega-prog

    Detalhes
  2. GRAPEFRUIT-Deep Water (CD)

    GRAPEFRUIT-Deep Water (CD)

    R$55,00

    GRAPEFRUIT was one of the better Beatlesque late-Sixties British pop-rock bands. In 1968, its musicians seemed on the way to stardom, with a couple of small hit British singles and, more importantly, some help from THE BEATLES themselves. Led by George ALEXANDER (Aka Alaexander YOUNG, brother of THE EASYBEATS' and future AC/DC producer George YOUNG), the group was at the outset cheerful harmony pop-rockers with similarities to THE EASYBEATS, THE BEE GEES and some Paul McCARTNEY-penned tunes from THE BEATLES' own psych-pop era. It was skilled at blending melodic pop with sophisticated arrangements that employed baroque-psychedelic touches of strings, orchestration, and several varieties of keyboards.

    Detalhes
  3. Thin Lizzy - Dedication (VHS)

    Thin Lizzy - Dedication (VHS)

    R$90,00

    Thin Lizzy were formed in Dublin in 1970 when school friends Phil Lynott (bass, vocals) and Brian Downey (drums) teamed up with Belfast born guitarist Eric Bell. They soon relocated to London and signed with Decca Records and released three albums, Thin Lizzy in 1971, Shades of a Blue Orphanage in 1972 with the following year seeing the release of Vagabonds of the Western World. All of those albums failed to chart. Although a remake of the traditional song "Whiskey in the Jar" provided the band with a hit single it did little to raise the bands profile as an album band. Bell quit toward the end of 1973 due to the nature of the direction the band were going and he was swiftly replaced by former Skid Row guitarist Gary Moore. Moore was only to be a temporary arrangement and by mid 1974 Scottish born Brian Robertson and American Scott Gorham would provide a new look twin guitar attack for Thin Lizzy as they signed with Vertigo Records.

    Night Life (1974) was a tame and directionless effort in comparison to what Lynott would perceive but Fighting from the following year was a step in the right direction and by the time Jailbreak hit the record shops in the summer of 1976 Thin Lizzy were a well oiled machine with the singles "Jailbreak / Running Back" and "The Boys are Back in Town / Emerald" placing the band high on the charts on both sides of the Atlantic. Johnny the Fox (1976) and Bad Reputation (1977) continued to lift the bands profile which culminated in the release of the towering double set Live and Dangerous in 1978. At this stage Brian Robertson was out of favour, to be replaced by Gary Moore in his second stint in Thin Lizzy. The resulting album, Black Rose: A Rock Legend again fared well.

    Internal conflict between Moore and Lynott reached a high during an American tour and the guitarist was replaced by Midge Ure. A full time replacement was installed before Lizzy hit the studio for their eleventh album. Snowy White was featured on Chinatown and Renegade, released in 1980 and 1981 respectively but Thin Lizzy's star was beginning to dim. This was aided by inconsistent song writing and the drug dependencies of the band's leader Philip Lynott and guitarist Scott Gorham. White was replaced by Tygers of Pan Tang guitar player John Sykes on the 1983 effort and very heavy Thunder and Lightning which saw a return to form but after the tour Thin Lizzy would split up.

    Lynott put together Grand Slam in 1984 but failure to secure a record deal put an end to the project soon after. In 1985 Lynott guested with Gary Moore on the "Out In The Fields / Military Man" single which helped raise his profile and Polydor offered him a contract to record a solo album if he could conquer his drug problems. By late 1985 a Thin Lizzy reunion was rumoured but Lynott collapsed on Christmas day 1985 and died on the 4th of January 1986 as his body shut down from his excessive and long term chemical abuse.

    Detalhes
  4. INCREDIBLE HOG - Incredible Hog (CD), 1973 UK Hard Progressive, Very Rare, FRETE GRÁTIS
    R$80,00

    INCREDIBLE HOG - Incredible Hog, 1973 UK Hard Progressive

    Comparable to ELIAS HULK. Mean and evil bluesy hardrock. Opening track 'Lame' is such a hit, and the rest is not bad either. For fans of distorted early 70's guitars.

    Reissue of 1973 heavy hard rock rarity in the Leafhound and Tear Gas realms. Tight heavy driving guitars and great sounding powerful balls to the wall asskicker!

    Nascido em Londres em 1972 pelas mãos do vocalista, guitarrista e compositor Ken Gordon e do baixista Jim Holmes, o Incredible Hog é uma típica pérola perdida setentista.

    Gordon e Holmes, colegas de escola, já haviam tocado juntos no Speed Auction, mas sem conseguir maiores repercussões.

    Cansados e insatisfeitos com os rumos do grupo, decidiram criar eles mesmos uma nova banda em meados de 1972.

    Fãs de histórias em quadrinhos, batizaram o conjunto como Incredible Hog, uma homenagem à revista "Incredible Hulk", publicada pela Marvel Comics. 

    -------------NOSSOS CATÁLOGOS ATUALIZADOS -----------------

    Caso se interessem, abaixo seguem os nossos catálogos nos links abaixo, podendo abrir no celular ou desktop.


    Caso os links não abram, favor nos informar e enviaremos os catálogos como anexos.


    1) CDs, DVDs e LPs de HEAVY-METAL, POP-CLASSIC ROCK, IMPORTADOS E NACIONAIS, divididos em 7 Abas;


    https://1drv.ms/x/s!AtYtyMXxmUGYgiFO4jUb1uUkdVXp


    2)  CDs, DVDs e LPs de ROCK PROGRESSIVO & JAZZ-ROCK, Importados e nacionais, divididos em 3 Abas;


    https://1drv.ms/x/s!AtYtyMXxmUGYgQFvYHa4RlAyVpb9 

     

    3) Catálogo de CAMISETAS Full (Total), Malha Excelente Qualidade e Costura DUPLA


    https://1drv.ms/b/s!AtYtyMXxmUGYgh4ApMfmkwvdom8n


    4) Catálogos de CDs, DVDs e LPs, Nacionais e Estrangeiros,  que estão sendo finalizados, assim podemos enviar os links caso solicitado :


    A) Jazz & Blues

    B) Clássicos e Eruditos

    C) Trilhas Sonoras e Novelas

    D) Cantores e Cantoras

    E) DJ, Rap, Soul, Reggae, Funk, Hip-Hop, Disco, Electronic, House, R&B, Contemporary, ...

    F) Infantis

    G) Bossa Nova/MPB

    H) Orquestras e Óperas

    I) Classic Rock-PopJ) Rock Brasileiro


    Temos catálogos  de LPs (Vinis), Importados e Nacionais, Novos e Usados, raros e Relançamentos 180gramas. Caso se interesse, favor solicitar para enviarmos os links.


    Se tiver interesse em outros produtos quando tiver baixado os catálogos, favor entrar em contato para combinarmos o pagamento e verificar disponibilidade dos produtos no estoque (alguns com poucas quantidades) e negociarmos os preços e descontos. Todos os produtos são ORIGINAIS.


    Abaixo seguem os nossos dados para contato. 

    Abraços,

    Marcio de Mello Moreira
    Megahard-Progressive

     

    Tel: (11) 3447.4996 (Fixo), 9.9970.1677 (WhatsApp)

    Email : megahard@progressive.com.br

    https://www.facebook.com/MegahardProgressive

    https://www.instagram.com/progmega/

    https://twitter.com/MegahardProgres

    https://soundcloud.com/mega-prog

    Detalhes
  5. Vôo Livre - Same (CD) + 3 bonus

    Vôo Livre - Same (CD) + 3 bonus

    R$35,00
    O Vôo Livre foi um power-trio gaúcho formado no final dos anos 70 e que revolucionou a cena local com seu rock pesado, misturando influências do progressivo ao fusion, de bandas como Deep Purple, King Crimson, Genesis, Billy Cobham e Rush. Este CD inclui seu único álbum, gravado em 1981, mais três bônus: duas faixas de um trabalho seguinte, de 1985, jamais finalizado, e uma faixa adicional inédita do mesmo ano. Detalhes
  6. DEMIAN - Demian (CD), 70s Hard Progressive, Very Rare, 1 Cópia no estoque, FRETE GRATIS
    R$80,00

    DEMIAN - Demian (CD), é uma Reedição do clássico de hard rock do Texas pós-Bubble Puppy, no início dos anos 70, originalmente lançado pela gravadora Abc.

    Além disso, você também recebe o álbum clássico psicodélico do final dos anos 60 do Bubble Puppy.

    DEMIAN é, na verdade, o segundo álbum do Bubble Puppy com a mesma formação, mas eles mudaram o nome para evitar aborrecimentos legais com sua antiga gravadora.

    -------------NOSSOS CATÁLOGOS ATUALIZADOS -----------------

    Caso se interessem, abaixo seguem os nossos catálogos nos links abaixo, podendo abrir no celular ou desktop.


    Caso os links não abram, favor nos informar e enviaremos os catálogos como anexos.


    1) CDs, DVDs e LPs de HEAVY-METAL, POP-CLASSIC ROCK, IMPORTADOS E NACIONAIS, divididos em 7 Abas;


    https://1drv.ms/x/s!AtYtyMXxmUGYgiFO4jUb1uUkdVXp


    2)  CDs, DVDs e LPs de ROCK PROGRESSIVO & JAZZ-ROCK, Importados e nacionais, divididos em 3 Abas;


    https://1drv.ms/x/s!AtYtyMXxmUGYgQFvYHa4RlAyVpb9 

     

    3) Catálogo de CAMISETAS Full (Total), Malha Excelente Qualidade e Costura DUPLA


    https://1drv.ms/b/s!AtYtyMXxmUGYgh4ApMfmkwvdom8n


    4) Catálogos de CDs, DVDs e LPs, Nacionais e Estrangeiros,  que estão sendo finalizados, assim podemos enviar os links caso solicitado :


    A) Jazz & Blues

    B) Clássicos e Eruditos

    C) Trilhas Sonoras e Novelas

    D) Cantores e Cantoras

    E) DJ, Rap, Soul, Reggae, Funk, Hip-Hop, Disco, Electronic, House, R&B, Contemporary, ...

    F) Infantis

    G) Bossa Nova/MPB

    H) Orquestras e Óperas

    I) Classic Rock-PopJ) Rock Brasileiro


    Temos catálogos  de LPs (Vinis), Importados e Nacionais, Novos e Usados, raros e Relançamentos 180gramas. Caso se interesse, favor solicitar para enviarmos os links.


    Se tiver interesse em outros produtos quando tiver baixado os catálogos, favor entrar em contato para combinarmos o pagamento e verificar disponibilidade dos produtos no estoque (alguns com poucas quantidades) e negociarmos os preços e descontos. Todos os produtos são ORIGINAIS.


    Abaixo seguem os nossos dados para contato. 

    Abraços,

    Marcio de Mello Moreira
    Megahard-Progressive

     

    Tel: (11) 3447.4996 (Fixo), 9.9970.1677 (WhatsApp)

    Email : megahard@progressive.com.br

    https://www.facebook.com/MegahardProgressive

    https://www.instagram.com/progmega/

    https://twitter.com/MegahardProgres

    https://soundcloud.com/mega-prog

    Detalhes
  7. MODULO 1.000 - Não Fale com Paredes (LP/Vinyl) Reedição Europa 2015, Capa Tripla, Raro, 2 Cópias no estoque, FRETE GRÁTIS
    R$590,00

    MODULO 1.000 - Não Fale com Paredes (LP/Vinyl) Reedição 2015, Capa Tripla, Raro, 2 Cópias no estoque,

    O jornal Rolling Stone, em sua edição nacional, de número 4 (21 de janeiro de 1972) trazia na segunda capa (interna) anúncio de página inteira com o disco. Está lá escrito: "Nosso som é o som do mundo para ser sacado e curtido" - Módulo 1000, com a foto do quarteto e a capa do disco, trazendo apenas o nome da banda e da obra - "Não Fale Com Paredes". Uma estréia que prometia, mas que enfrentou resistências, mesmo dos setores mais roqueiros da mídia, inclusive do próprio RS.

    A razão da reação adversa de alguns é, ao mesmo tempo, o grande trunfo do álbum: o som progressivo, altamente técnico, que, ao contrário das críticas, não deixava de manter o pé no rock e da psicodelia. Integravam o grupo carioca, os músicos Luiz Paulo (órgão, piano e vocal), Eduardo (baixo), Daniel (guitarra) e Candinho (bateria). A produção, devidamente capitalizada no anúncio do jornal, é do disc-jockey Ademir, um dos mais destacados da época, depois de Big Boy.

    Detalhes
  8. IRISH COFFEE - Same (CD+7 Bonus Tracks), 70s Belgium Hard Progressive, Very Rare, 1 Cópia no estoque, FRETE GRATIS
    R$120,00

    The Belgian hard-rock band IRISH COFFEE recorded a first eponymous album in 1971.

    The singer William SOUFFREAU has a tone colour near to that one of Roger CHAPMAN (FAMILY), whereas his colleague VAN DER SCHUEREN creates superb guitar solos.

    The remarkable organ parts can even evoke STILL LIFE.

    -------------NOSSOS CATÁLOGOS ATUALIZADOS -----------------

    Caso se interessem, abaixo seguem os nossos catálogos nos links abaixo, podendo abrir no celular ou desktop.


    Caso os links não abram, favor nos informar e enviaremos os catálogos como anexos.


    1) CDs, DVDs e LPs de HEAVY-METAL, POP-CLASSIC ROCK, IMPORTADOS E NACIONAIS, divididos em 7 Abas;


    https://1drv.ms/x/s!AtYtyMXxmUGYgiFO4jUb1uUkdVXp


    2)  CDs, DVDs e LPs de ROCK PROGRESSIVO & JAZZ-ROCK, Importados e nacionais, divididos em 3 Abas;


    https://1drv.ms/x/s!AtYtyMXxmUGYgQFvYHa4RlAyVpb9 

     

    3) Catálogo de CAMISETAS Full (Total), Malha Excelente Qualidade e Costura DUPLA


    https://1drv.ms/b/s!AtYtyMXxmUGYgh4ApMfmkwvdom8n


    4) Catálogos de CDs, DVDs e LPs, Nacionais e Estrangeiros,  que estão sendo finalizados, assim podemos enviar os links caso solicitado :


    A) Jazz & Blues

    B) Clássicos e Eruditos

    C) Trilhas Sonoras e Novelas

    D) Cantores e Cantoras

    E) DJ, Rap, Soul, Reggae, Funk, Hip-Hop, Disco, Electronic, House, R&B, Contemporary, ...

    F) Infantis

    G) Bossa Nova/MPB

    H) Orquestras e Óperas

    I) Classic Rock-PopJ) Rock Brasileiro


    Temos catálogos  de LPs (Vinis), Importados e Nacionais, Novos e Usados, raros e Relançamentos 180gramas. Caso se interesse, favor solicitar para enviarmos os links.


    Se tiver interesse em outros produtos quando tiver baixado os catálogos, favor entrar em contato para combinarmos o pagamento e verificar disponibilidade dos produtos no estoque (alguns com poucas quantidades) e negociarmos os preços e descontos. Todos os produtos são ORIGINAIS.


    Abaixo seguem os nossos dados para contato. 

    Abraços,

    Marcio de Mello Moreira
    Megahard-Progressive

     

    Tel: (11) 3447.4996 (Fixo), 9.9970.1677 (WhatsApp)

    Email : megahard@progressive.com.br

    https://www.facebook.com/MegahardProgressive

    https://www.instagram.com/progmega/

    https://twitter.com/MegahardProgres

    https://soundcloud.com/mega-prog

    Detalhes
  9. Massahara - Same (CD)
    R$28,00
    Nova banda de hard nacional, com um "tempero do hard setentista empregado com leves pitadas de progressivo e jazz, fazendo de Massahara um achado musical,...." CD lançado em 2011. Detalhes
  10. SATIN WHALE ‎– Desert Places (LP-Vinyl-180gr). VENDIDO !!!! German 70s Progressive Krautrock, FOC, Mint (Lacrado)
    R$290,00
    SATIN WHALE ‎– Desert Places (LP-Vinyl-180gr). German 70s Progressive Krautrock, FOC, Mint (Lacrado). O álbum de estreia da banda em 1974 foi um esforço de rock pesado e contundente conduzido pela guitarra em chamas de Dieter Roesberg e o órgão grunge Hammond de Gerald Dellman, com alguma flauta soprosa para maior variedade. Ótimos vocais, toneladas de seções instrumentais e especialmente aquela guitarra blues que eu podia ouvir sem parar. T2 pode ser uma boa comparação com aquelas ótimas canções guiadas por guitarra. O baixista / vocalista participou da composição de todas as músicas. Devo mencionar que o órgão se destaca com o baixo e também temos flauta e sax, mais do primeiro e ambos tocados pelo talentoso guitarrista !. Eles agradecem a Klaus Schulze no encarte. A propósito, os vocais são em inglês e não há uma música comum aqui, é tudo incrível para os meus ouvidos. Comparações com os primeiros JETHRO TULL não estariam fora de ordem, mas qualquer semelhança é provavelmente coincidência. Em seus próprios méritos, o álbum é surpreendentemente vital, talvez muito leve em melodias memoráveis, mas cheio de interferências musculares, com os melhores momentos reservados para quando o cantor se senta no banco de trás e a música é empurrada para o centro do palco, como nos 13 minutos álbum mais próximo "Perception". Detalhes
  11. GIFT  - Blue Apple (CD)

    GIFT - Blue Apple (CD)

    R$70,00

    Gift - Blue Apple CD reissue is the 2nd release from this heavy hitting 70s German progressive rock act. Rampaging organs and guitars are all over this thing, making it a must-have disc. Originally recorded in 1974!

    1. Blue Apple
    2. Rock Scene
    3. Don't Waste your Time
    4. Psalm
    5. Everything's Alright
    6. Go to Find a Way
    7. Reflections Part 1
    8. Reflections Part 2
    9. Left the Past Behind
    I've heard it said many times before and it's true, GIFT is "heavy as hell" Detalhes
  12. PESO - Em Busca do Tempo Perdido (CD) - FRETE GRÁTIS - Últimas 3 cópias em estoque !!!
    R$70,00
    Banda carioca, liderada pelo vocalista cearense Luís Carlos Porto. Em Busca do Tempo Perdido é o único disco da banda Peso, que infelizmente teve vida curta. Tudo começou em 1972, em um festival de música no qual Luís Carlos apresentou ao público o hit Pente (que não entrou no álbum, e apenas alguns anos depois foi lançado na forma de um compacto, junto com a fraca música Suzi). Depois desse festival, Carlos conseguiu juntar um pessoal para a formação do Peso. Fazendo um som bastante pesado (o nome não é em vão) e bastante técnico, o conjunto manda um Hard Rock de primeira, com alguns traços de Blues e as tradicionais baladas. O interessante de ouvir uma banda carioca setentista (para quem está acostumado a ouvir tantas bandas paulistas) é a diferença na pegada. O som corre muito mais solto e despojado... Não que isso seja bom ou ruim. É apenas diferente. O álbum foi considerado pela Superinteressante como um dos principais álbuns do rock brasileiro. Detalhes
  13. KIN PING MEH ‎– No. 2 (LP-Vinyl-180gr). VENDIDO !!!! German 70s Progressive Krautrock, FOC, Mint (Lacrado)
    R$290,00
    KIN PING MEH ‎– No. 2 (LP-Vinyl-180gr). German 70s Progressive Krautrock, FOC, Mint (Lacrado). O segundo álbum de KPM está no início de sua estreia, hesitando entre uma direção de hard rock e uma versão de rock mais intermediária. A música oferecida aqui é semelhante a bandas como Tea (Alemanha), Humble Pie ou Mountain, com estilo de canto exclusivo de seu vocalista, Wrener Stephan. A faixa de abertura "Come Down to the Riverside" (3:13) é como uma combinação de The Beatles e Lynyrd Skynyrd. Parece que a banda tentou explorar o estilo Southern Rock, especialmente através dos licks de guitarra e também do estilo de cantar. É muito agradável. Ela segue em uma veia semelhante para a próxima faixa "Don't Force Your Horse" (3:46), onde a guitarra ainda desempenha um papel crítico em colocar o estilo musical da canção. Suportado com qualidade de gravação vintage, desfrutar desta faixa me dá uma experiência "diferente" que me traz de volta aos dias de glória dos anos setenta, onde o rock dominou a indústria musical. O cover dos Beatles "Come Together" (6:00) é outro lugar que posso encontrar alegria ao ouvir este álbum. Não, não é que devido à versão original desta música ela já esteja excelente, mas o rearranjo de Kin Ping Meh a torna "algo novo" para mim e me faz repetir essa música continuamente sempre que chega à terceira faixa . Eu gosto do fato de que o som da guitarra foi feito diferente do original. Isso me lembra o guitarrista de uma banda chamada MAHOGANY RUSH - o guitarrista é Frank Marino. O solo de guitarra no final dessa faixa é realmente impressionante. "Together Jam" (4:55) começa com o modo de jamming através de um solo de guitarra apoiado por baixo e bateria, além de órgão. O uso de duas guitarras separadas com canal esquerdo e direito tornou essa composição realmente excelente. O solo de guitarra é realmente o principal desta faixa e me satisfaz até os ossos! O baixo também tem a chance de fazer seu solo. É uma faixa edificante! "Liveable Ways" (8:00) é provavelmente a tentativa progressiva que a banda tentou fazer. A combinação de guitarra e baixo funciona na abertura da faixa é verdadeiramente impressionante. A linha vocal também é excelente, executada com energia. A música também insere alguma parte ambiente logo após a parte de introdução. "Day Dreams" (7:56) fornece uma ruptura musical através de nuances ambientais na parte de introdução com preenchimentos de guitarra. "Very Long Ago" (2:54) é uma música country rock, usando o banjo como seção rítmica principal. O álbum termina bem com "I Wanna Be Lazy" (2:58) no estilo sulista. Detalhes
  14. BLACK SABBATH - Seventh Star (CD)
  15. BODKIN - Same

    BODKIN - Same

    R$55,00

    BODKIN were a Scottish quintet that released a self-titled album in 1972. They made a classic-sounding, rough-edged heavy progressive rock with the emphasis on Doug Rome's Hammond organ and complimented by Mick Riddle's guitar, Bill Anderson's bass, Dick Sneddon on drums and the cool wailing of Zeik Hume.

    Somewhat more jam-oriented than contemporaries such as ATOMIC ROOSTER or URIAH HEEP and not quite as hard-hitting, BODKIN nevertheless delivered spirited rock music with energetic interplay between guitar and organ, fine musicianship, and distractingly good compositions from the 21 year-old Doug Rome.

    A very palatable blend of dark organ-rock and dirty blues, Bodkin will surely please listeners interested in the murky and mysterious early years of the Heavy Prog scene and anyone seeking rare prog.

    Detalhes
  16. HUMBLE PIE - Smokin (CD)
    R$50,00

    SMOKIN' was Humble Pie's first post-Peter Frampton album. Co-founder and blues shouter par excellence Steve Marriott was thoroughly in charge here, and the result was the band's best-selling album. The idiom is basic, straight-ahead Stones/Faces style blues-rock, with occasional forays into Led Zeppelin-style riffage.

    Highlights include dramatically slowed down versions of Eddie Cochran's "C'mon Everybody," Junior Walker's "Roadrunner," and the wah-wah laden slow blues "The Fixer." "You're So Good for Me," which begins as a delicate acoustic number, ultimately mutates into a full-bore gospel rave-up, and is precisely the sort of thing that the Black Crowes seem to have studied assiduously.

    Detalhes
  17. BLUES PILLS - Blues Pills (CD+2bonus) - Progressive-Psych - FRETE GRATIS
    R$34,00

    Aqui está um dos discos mais aguardados do ano, o primeiro álbum de estúdio dos BLUES PILLS..

    O quarteto de rock tem membros de várias nacionalidades mas é liderado pela vocalista Sueca Elin Larsson`s.

    A voz de Elin marca a diferença em todos os temas e a sua inspiração inspirou-se em  Aretha Franklin, THE ORIGINAL FLEETWOOD MAC, LED ZEPPELIN, Jimi Hendrix, Janis Joplin and CREAM .

    Detalhes
  18. BUDGIE - Squawk (CD)

    BUDGIE - Squawk (CD)

    R$55,00

    Budgie biography
    Originating from Cardiff, Wales, UK, Budgie first formed in 1967 under the guise of ' Hills Contemporary Grass'. This name was shortlived however and by 1968 they had renamed themselves Budgie, which still remains this to the current day, although line ups have changed from time to time. The original members were Burke Shelley (b.1947) on bass and vocals, Tony Bourge (b.1948) on guitars and vocals and Ray Phillips (b.1949)on drums.

    As was often the case with debut albums from the late sixties and early seventies, "Budgie" 1971 was a mixed bag of hard rock combined with a strong dose of blues. Produced by Black Sabbath producer Roger Bain. " Squawk" 1972 and " Never Turn Your Back On A Friend" 1973 were further studio albums following in quick succession. The latter probably being the most well known of Budgie work." In For The Kill" followed in 1974 and by now the line up changes began with Ray Phillips departure and replacement by the soon departing Pete Boot. The band experienced further membership changes and in 1978 Tony Bourge moved on and in stepped John Thomas who also later worked with Glenn Hughes.

    Classifying Budgie is no easy feat hence it being in the Prog related category but the blues rock influences are ever present especially up to the close of the 70's.Sometimes described as pioneers in metal, Burke Shelley's voice often compared to Geddy Lee of Rush and the progressive influences are particularly evident in " Squawk", " Never Turn Your Back On a Friend" and 1975's " Bandolier". Budgie became less active in the latter parts of the 80's and ceased live tours in 1988. The 90's saw a revival of the band and further studio albums ensued, the last being in 2006 called " Your'e All Living In Cuckoo Land". Line up changes remained unabbated but one thing remains is that Budgie continue to play high energy rock, progressive at times, bluesy and plain solid metal to a high standard. Metallica have had notable success doing versions of their work " Breadfan" being one song and " Crash Course In Brain Surgery" the other, Judas Priest being another band influenced by the outfit from Wales.

    Two live shows of note were in 1982 when Budgie headlined the Reading festival and Live In San Antonio ( 2002).Recommended albums would be 1972's " Squawk", " Never Turn Your Back On a Friend" from 1973 and 1978's "Impeckable". Founder member and drummer Ray Phillips is scheduled to release his first solo album in the first half of 2009.

    Detalhes
  19. KROKODIL - An Invisible World Revealed (CD)

    KROKODIL - An Invisible World Revealed (CD)

    R$70,00

    First legit CD reissue (previously booted by Germanofon in the mid-90s) of the most highly regarded 3rd Krokodil album, originally issued by United Artists in 1971. "Here's one for all those who like their Krautrock 'Swiss', one that straddles the Second Battle 'heavy' requirement with the more psych flavors of Teutonic slop. Decidedly more focused on exotic instrumentation and effects than their preceding LPs, the opening track 'Lady of Attraction' lays it all out immediately: flanged vocals, distorted organ, acoustic guitars and the sound of the sacred mellotron, all in the first four minutes. By the time you get to the 15 minute 'Odyssey in Om', you know percussionist Dude Durst isn't lying when he says that 'we had been on pot most of the time...'). Imagine a more psychedelic Black Sabbath, and your getting warm. Great cover, excellent sound that should make anyone who isn't put off by more bluesy sonorities grateful that there are obsessives out there that are making this stuff available at last."

    Detalhes
  20. Arcabuz - La Punta del Iceberg (CD)
    R$70,00
    Argentinian trio. Leightweight progressive with hardrock influences. Vocals in Spanish + 1 bonus track. Detalhes
  21. A BOLHA - E Proibido Fumar (CD) - FRETE GRÁTIS - Últimas e unica cópia em estoque !!!
    R$80,00
    É Proibido Fumar é o segundo álbum de estúdio da banda brasileira A Bolha. Nesse álbum a banda adotou uma sonoridade mais pesada em relação ao anterior.2 Durante a turnê de promoção do álbum, a banda excursionava com Erasmo Carlos, abrindo os shows do cantor executando as próprias canções d'A Bolha, e na sequência servia como banda de apoio para o Tremendão. "Não posso acreditar que quem goste de rock seja animal vertebrado". Quem cravou esta frase foi o polêmico joranlista Paulo Francis, no século XX. Discordo e prefiro a definição da sábia Angela Dust, que falou sério: "O rock é filosófico e muito inteligente. Há uam música cuja letra diz: 'You kant always get what you want'. Mas adoro mesmo o epíteto cantado por MIck Jagger: 'It´s only rock'n roll, and I like it' ". Certíssimo! Por exemplo: o grupo carioca A Bolha. O conjunto, criado por Renato Ladeira e Arnaldo Brandão, entre outros, foi o pioneiro escrachante do Rock Brasil. Com o nome The Bubbles, botou os yas yas pra fora a partir de 1969. Foram para Londres em 1971 e Caetano Veloso convenceu-os a serem objetivamente, A Bolha. E deu o maior barato. Na volta já tinham a esperá-los uma legião de pirados e ripongas que não suportavam ouvir músicas caretas, veradeiros coitus interruptus sonoros. A Bolha teve várias encarnações, todas esquentavam nossas bacurinhas, até ressurgir em 1977 tendo a frente o líder transcendental Marcelo Sussekind (hoje conceituado rock-producer). A Bolha voltou quente porque já estava fervendo. Mandaram de cara "É proibido fumar" e outras pepitas chacoalhantes. Hoje estou surpreso: por que, entre milhões de livros dedicados ao rock brazuca, ainda não surgiu um calhamaço sobre a epopeia da Bolha? Se nossos tínpanos e corpos são beatificados com o som esmerilhante, imagine as nossas pupilas sedentas pelas historias desse veteranos sempre jovens? Por Ezequiel Neves (na contra capa do lançamento em cd de É Proibido Fumar em abril de 2009) Detalhes
  22. HIGHWAY ROBBERY - For love or Money (CD)

    HIGHWAY ROBBERY - For love or Money (CD)

    R$55,00

    Includes liner notes by Brian Wible. Highway Robbery: Michael Stevens (vocals, guitar); John Livingston Tunison IV (vocals, bass); Don Francisco (vocals, drums).

    Popular or famous Highway Robbery songs: Ain't Gonna Take No More, All I Need, Bells, Fifteen, I'll Do It All Again, Lazy Woman, Mystery Rider. More music songs Promotion Man.

    Detalhes
  23. GIFT - Same+Blue Apple (CD)

    GIFT - Same+Blue Apple (CD)

    De: R$100,00

    Por: R$90,00

    Thick, acidic guitars, hard charging riffs, a definite pre-metal feel. Gift, a German band, fall right into the great tradition of Birth Control, Night Sun and Armageddon.

    Otto B.Hartman/OBH Musikverlag,Germany,1994.2 albums on 2cd set .

    Helmut Treichel (lead vocals, 1969-73), Rainer Baur (lead guitar), Nick Woodland (lead guitar, vocals, 1969-72), Uwe Patzke (bass, vocals), Hermann "Mandy" Lange (drums, percussion), Dieter Atterer (guitar, vocals, 1973), Dieter Frei (organ, piano, vocals, 1973)

    Detalhes
  24. R.D.M.-Il Rovescio Della Medaglia- La Bibbia (CD)
    R$70,00

    Il Rovescio della Medaglia were formed in Rome around the end of 1970 from the ashes of the beat band I Lombrichi. Enzo Vita, Stefano Urso e Gino Campoli founded the group, that had as lead singer first Gianni Mereu (not the guitarist of Logan Dwight), then Sandro Falbo (from Le Rivelazioni) and soon later Pino Ballarini, who had moved to Rome from Pescara where he played with Poema.

    THIS NOT A PROGRESSIVE ROCK ALBUM, BUT A HARD ROCK, GREAT PERFORMANCE AMD MUSICIANS FROM 1971.

    Detalhes
  25. DEEP PURPLE - Rapture Of The Deep (CD)
    R$35,00
    Rapture of the Deep é um típico álbum de rock n’ roll. E vai agradar, em cheio, todos amantes do estilo. Mesmo aqueles que estavam desgostosos com os últimos lançamentos, Abandon e Bananas - o primeiro muito criticado pelos fãs -, vão respirar mais tranqüilos ao ouvir faixas como "Money Talks", "Girls Like That" e "Wrong Man", as três primeiras músicas do melhor trabalho do Deep Purple desde o excelente "Purpendicular", de 1996. A nova fase da banda, em sua formação MK8 – Ian Gillan (voz), Steve Morse (guitarra), Ian Paice (bateria), Roger Glover (baixo) e Don Airey (teclado) -, é marcada pelos riffs de Morse, que influenciam profundamente o estilo das composições, por diversas vezes lembrando, até demais, os trabalhos solo do guitarrista. Gillan continua impecável, interpretando de forma magistral as 10 faixas de Rapture of the Deep, que tem em um de seus maiores destaques a música de mesmo nome, um épico com influências orientais de seis intensos minutos. Detalhes

Lista Tabela

Direção Descendente

1-25 de 30

Página
  1. 1
  2. 2