Gravadora Progressive

Lista Tabela

Direção Descendente

1-25 de 45

Página
  1. 1
  2. 2
  1. KAIZEN - Gárgula (CD), Rock Progressivo with Classical Music, Ex-Quaterna Requiem Violinist - FRETE GRÁTIS
    R$30,00

    KAIZEN - Gargula (CD). Primeiro trabalho solo do violinista da famosa banda  “Quaterna Requiem”,  progressivo épico com influências clássicas e membros da Orquestra Sinfônica Brasileira.

    Álbum muito clássico orientado pelo violino de Kleber Vogel.

    Uma mistura entre rock melódico a CAMEL e majestosos músicos clássicos.

    Tudo instrumental, a faixa homônima é a melhor, mas o álbum todo é muito bom.

    Na veia de Quaterna Requiem, outra Prog Band do Brasil com abordagem clássica, usando um violino bonito e alguns teclados lembrando aqueles no "Snow Goose", especialmente as peças desconectadas.

    Eles tentam construir uma atmosfera sinfônica acústica. .. e seu trabalho é de qualquer forma notável!

    Detalhes
  2. LUCA - Ganimedes (CD), New Age/Yoga/Meditação Brasileiro, Raridade, Ultimas cópias em estoque !!! FRETE GRÁTIS
    R$30,00

    Segundo CD de new age desse músico, com mais passagens de violão acústico e passagens viajantes e elaboradas de teclados, num clima bem suave e intimista.

    O CD foi lançado pela DHARMA MUSIC, a divisão NEW AGE da PROGRESSIVE ROCK WORLDWIDE.

    Detalhes
  3. CONTRAPPUNTO - Lilith (CD), Rock Progressivo Italiano, Raridade, Ultimas cópias em estoque !!! FRETE GRÁTIS
    R$33,00

    Segundo CD de 2001 da banda italiana de Torino, que mantém o estilo, porém mais trabalhado e suave que o debut, lembrando Camel/Renaissance/ERIS PLUVIA com pitadas jazísticas.

    Detalhes
  4. MARCO ANTÔNIO ARAÚJO-Quando a Sorte...(CD), Rock Progressivo Brasileiro, Raridade, Ultimas cópias em estoque !!! FRETE GRÁTIS
    R$38,00

    Segundo e incrível  CD dessa banda de progressivo instrumental, recheado de flautas, violinos, violões,.. num mix de Progressivo+clássico & MPB  com membros da Orquestra Sinfônica mineira+3 bonus.

    Detalhes
  5. ANIMA - Singularities (CD), Instrum. Brazil Progressive Rock, a la Camel-Eloy-Tisaris,  FRETE GRÁTIS
    R$35,00

    Segundo CD dessa banda progressiva, que lembra o TISARIS e o ELOY,  exímios músicos com passagens sinfônicas e trabalhadas.

    Rock Sinfônico dramático com um som ainda mais orquestral, um pouco parecido com os compatriotas Aether, com muitas seções bombásticas do teclado, passagens instrumentais sombrias e movimentos de guitarra eficientes, alguns lindos solos são incluídos ao lado dos riffs mais nítidos.

    A influência novamente de Camel é mais do que aparente durante os momentos sentimentais e os vocais são bastante limitados, dando espaço a um conjunto de música instrumental sinfônica com exposições completas de teclado / piano.

    Faixas longas, bem executadas e também bastante atmosféricas.

    Outro excelente exemplar da cena do Prog Rock dos anos 90.

    Detalhes
  6. INNER FLAME - Same (CD) Progressive Rock like CAMEL-UK, Vocals a la GEOFF TATE, Lacrado,FRETE GRATIS
    R$35,00

    "INNER FLAME" é uma banda brasileira de rock progressivo, que lançou esse único álbum em 1998, tocando um rock progressivo de altíssimo nível, misturando influências de CAMEL e UK, numa harmonia muito bem equilibrada. 

    Rock Progressivo com pitadas heavy que remetem as escolas italianas dos anos 70 aliados algumas levadas dos anos 90, excelente vocal a la GEOFF TATE (QUEENSRYCHE), com climas viajantes nos longos solos de guitarra e teclados.

    A capa é maravilhosa, fabricada em 6 CORES, incluindo o DOURADO, nunca antes confeccionada no Brasil, um trabalho ímpar, gerenciado e desenvolvido pelo vocalista "Alexander Guazelli", em um lindo encarte de 5 páginas 12x24 cm, todo colorido.

    "INNER FLAME" é uma das bandas progressivas mais obscuras do Brasil com apenas um álbum lançado até agora autointitulado em 2000.

    Para falar a verdade eu gostei muito do que ouvi aqui, com vocais de Alexander Guazelli que me lembram Geoff Tate do Queensryche e seções instrumentais que são muitos deles que se equilibram muito bem entre o rock progressivo e o hard prog, esta banda definitivamente vale a pena ser investigada.

    Peças como "DARK MASK" ou BLACK CLOUDS OVER THE VATICAN Black Clouds Over The Vatican mostram um grande potencial nesta banda, infelizmente esquecida e por isso caída no esquecimento.

    Os duelos entre teclados e guitarras são em alguns momentos exemplares, muitas vezes melhores do que na maioria dos artistas conhecidos.

    Resumindo, um álbum realmente ótimo que busca um reconhecimento mais amplo.

    Acho que a cena brasileira teve ou se orgulha de ter um álbum tão bom e ao mesmo tempo tão desconhecido do grande público.

    Tire suas dúvidas pelo whatsapp, fico ou email. Abra nossos catálogos atualizados:

    Progressivos-IMP-NAC-3-Abas-CDs_LPs_DVDs-Megaprog-Catalogo : https://bit.ly/35w4Sor

    Metal+Classic-Pop-Rock-IMP-NAC-7Abas-CDs-LPs-DVDs-Megaprog-Catalogo: https://bit.ly/3joHMF2

    Detalhes
  7. DOGMA - Twin Sunrise (CD) -  Ùltimas cópias em estoque - FRETE GRÁTIS
    R$30,00

    Segundo CD do "DOGMA", melhor que o debut, também instrumental e mais trabalhado sendo um PRW best seller, com incríveis solos de guitars/teclados e participação de quarteto de cordas

    O "DOGMA" é uma banda de Rock Progressivo formada em Belo Horizonte (MG) em 1991. Realiza um trabalho autoral com músicas basicamente instrumentais, reconhecidas pela veia sinfônica, e pelos arranjos ricos no uso da guitarra elétrica e dos sintetizadores.

    Em seu histórico conta com dois discos de expressão internacoinal lançados pelo selo Progressive Rock Worldwide: Album(1992), com a participação do violino de Marcus Viana na faixa Clouds, e Twin Sunrise (1995).

    O grupo foi brindado com sucessivas críticas elogiosas no Brasil e no exterior, tendo sido considerado a “Revelação 92” pela Harmonie Magazine (França), ficado em 2º lugar na preferência dos ouvintes da Radio Roma FM (Itália), e também entre os 10 discos atuais de rock progressivo mais vendidos no Japão.

    Após a reativação da banda em 2005, inúmeras composições inéditas estão sendo apresentadas nos shows, ficando a esperança do lançamento de um novo disco.

    Detalhes
  8. WEJAH - Senda (CD), Brazil Instrumental Progressive-fusion, a la CAMEL, UNIVERSE ZERO, FRETE GRATIS
    R$35,00
    WEJAH - Senda (CD), Brazil Instrumental Progressive-fusion, close to CAMEL, UNIVERSE ZERO, Lacrado.   Segundo álbum como quarteto com uma formação de baixo, bateria, teclado e guitarra, auto-definindo suas músicas como "ecletic progressive".   O material é altamente atmosférico com guitarra onipresente, piano acústico e sintetizador, oferecendo muitos interlúdios sombrios, bem como algumas seções melódicas do estilo CAMEL e  algumas influências de vanguarda do UNIVERSE ZERO.   Apesar de ser um CD instrumental, o encarte apresenta uma série de poemas (na verdade, oito) mostrando os conflitos internos do ser humano. Essa abordagem transforma este trabalho em um CD conceitual onde o ouvinte interage com esses poemas.   Algumas passagens com vibrações leves Symphonic Prog (teclados e sons de flautas) e alguns pequenos experimentos para Fusion.   Certamente um trabalho conceitual diferente dentro do reino do rock progressivo, com harmonias simples, mas bem arranjadas, que fazem deste trabalho um dos CDs de rock progressivo brasileiro mais aventureiros dos anos 90. Detalhes
  9. ATMOSPHERA - Fogo e Ar (CD), Capa Xerox Cor, Fundo de Caixa e CD originais Novos, Raridade, Ultimas cópias em estoque !!! FRETE GRÁTIS
    R$45,00

    Um dos best-sellers do rock progressivo, para fãs de Camel e Eris Pluvia, lindas passagens de guitarra e flautas em um album com praticamente instrumental (apenas 2 faixas vocais).

    Detalhes
  10. VITELLI - Fractais (CD), New Age/Yoga/Meditação Brasileiro, Raridade, Ultimas cópias em estoque !!! FRETE GRÁTIS
    R$30,00

    Tecladista paulista radicado em SC, lança debut misturando New age + Progressivo + música barroca,  cativantes melodias e passagens teclados, sendo bastante elogiado pela mídia.

    O CD foi lançado pela DHARMA MUSIC, a divisão NEW AGE da PROGRESSIVE ROCK WORLDWIDE.

    Detalhes
  11. ESPIRITU - Live en Obras 82 (CD), Rock Progressivo Argentino, Raridade, Ultimas cópias em estoque !!! FRETE GRÁTIS
    R$33,00

    CD inédito da famosa banda progressiva argentina, um raro show de 1982 no estádio "EM OBRAS",  com  ótima gravação e produção executado por exímios músicos.

    Detalhes
  12. SUB ROSA - The Gigsaw (CD-Digipack) - FRETE GRÁTIS - Progressive Rock 15.000 CDs sold in USA-Europe
    R$35,00

    SUB ROSA - The Gigsaw (CD).

    Banda mineira de "Progressive Rock", cujo CD vendeu até julho de 2014 mais de 15.000 cópias nos USA e na Europa."

    O nome "GIGSAW" é um trocadilho bem sacado entre as palavras inglesas Jigsaw (quebra-cabeças) e Gig (evento musical) – é o nome de batismo do álbum, que se revela poeticamente conceitual, diga-se.

    São 14 faixas que narram a existência do indivíduo pelo rico ciclo que é a Vida e as subsequentes marcas que ficarão quando ele se for.

    O estilo musical que teve a honra para extravasar tais idéias e pureza de sentimentos? Não poderia ser mais bem escolhido: o Rock Progressivo.

    E que fique claro que esta é uma verdadeira jornada que abraça o passado, por vezes com longas incursões instrumentais que resgatam muito do que foi feito pelos mestres do estilo.

    Pink Floyd, Genesis, Yes, Marillion, O Terço e Casa das Máquinas são algumas referências que surgem ao longo da audição, mas o Sub Rosa sabe como mesclar tantas influências e sempre procura acrescentar sua própria e peculiar torção aos bonitos arranjos.

    Como todo trabalho deste tipo, "The Gigsaw" possui uma narrativa que faz com que uma música complemente a outra, tornando-se uma peça indivisível, mas também permite que cada faixa possua sua individualidade e funcione fora do conceito do disco.

    E, importante, não é necessário eruditismo para ser compreendido. Sua música se mantém simples e agradável, como "Enslavement Of Beauty" ou ambas as partes de "The Last Ride", ou..., ou... Oras, há tanta coisa boa por aqui!

    E todo esse esmero também se estende ao projeto gráfico, repleto de painéis com toda uma simbologia que acaba se tornando uma extensão da música em si.

    A sonoridade está inundada com arranjos que são, indiscutivelmente, retrôs. Mas é de uma magia que não possuem muitas bandas, e esse inebriante carisma que pode levar a algo incrível tem tudo para alcançar um público bastante amplo.

    Finalizando, aqui faço minhas as palavras do próprio Sub Rosa: '...

    Aceita o convite para entrar nesta viagem...?' – acesse o site desse pessoal, está tudo lá, canções, arte gráfica, letras e suas respectivas traduções!

    Facebook : https://www.facebook.com/subrosaofficial

    MySpace : http://www.myspace.com/bandasubrosa

    Detalhes
  13. REDD - Cuentos del Subsuelo (CD), Rock Progressivo Argentino, Raridade, Ultimas cópias em estoque !!! FRETE GRÁTIS
    R$35,00

    Segundo e inédito CD, lançamento exclusivo da PRW, agora com mais teclados e com solos mais viajantes, novos menbros mas mantendo o estilo "italiano" do debut.

    Detalhes
  14. ALGARAVIA - Breve e Interminavel (CD), Rock Progressivo Brasileiro, Raridade, Ultimas cópias em estoque !!! FRETE GRÁTIS
    R$39,00

    ALGARAVIA - Breve Interminavel (CD), Instrumental Progressive a la King Crimson, com 2 percussionistas, faixas longas e muito bem executadas por excelentes músicos.

    No contexto da segunda metade dos anos 90, o único álbum da ALGARAVIA surge como uma bela surpresa que certamente deveria ter recebido mais reconhecimento e deve chamar a atenção de um maior número de colecionadores de prog em todo o lado. Este grupo criou uma combinação poderosa de rock fusion, jazz e um tipo domesticado de progressão carmesim, convenientemente abastecido com uma dose adequada de psicodélia estilosa.

    Na verdade, rotularia esse trabalho como uma fusão mais jazz-prog com uma dose saudável de elementos ecléticos extras. “Breve e Interminável” não é um álbum breve, com 75 minutos de duração, mas, repito, não quer dizer que seja cansativo ou coisa parecida, já que a criatividade está sempre presente ao longo de todo o repertório.

    Agora, vamos emprestar nossas eras ao próprio repertório, está bem? O opener 'Crimsoniana' carrega aquela vibração de guitarra dupla que gerou diálogos peculiares no formato KC dos anos 80, mas basicamente, o elemento de fusão (entregue com alguma agressividade) é o mais predominante.

    ALGARAVIA antecede um truque sonoro que alguns anos depois encontraremos nos álbuns de Mar de Robles e Gurth, por exemplo. 'Lamento' e 'Variacoes Sobre Tema Nenhum', que juntas ocupam um espaço de mais de 20 minutos, aproveitam ao máximo suas próprias salas para expandir os ambientes desenvolvidos em seus próprios temas e variações.A guitarra principal tem um papel de protagonista, sendo frontalmente rock na primeira peça e mais orientada para o jazz & funk na segunda.

    A peça seguinte, 'Cellula Mater', combina os dois fatores com o objetivo de elaborar uma sofisticação aprimorada que acaba sendo uma das peças mais explicitamente emocionantes do álbum.

    'Crisalida' muda para um clima muito diferente, de calor suave e nostalgia doce, alimentado com frases de guitarra no estilo Akkerman e enraizado em uma atmosfera outonal acinzentada.

    'Mosaico' parece começar com a languidez da faixa anterior, mas uma vez que o corpo principal se estabelece, a estrutura de fusão-prog com agressividade de equilíbrios retorna tão reconhecível quanto um amigo para toda a vida. Mais uma vez, a referência a Mar de Robles vem à minha mente.

    'Quimera' tem um lado permanentemente mais suave, bastante relaxante na verdade, convenientemente atenuado por reviravoltas carmesins: então, a segunda seção traz um poder de balanço que brilha em todo esplendor.

    Outro destaque deste álbum. 'Bebop Blues' é bastante fiel ao seu título com seus tons de blues e be-bop, mas a fusão orientada para o carmesim reaparece solidamente no desenvolvimento do corpo principal. Eu sinto essa peça como uma irmã mais nova de 'Cellula Mater'.

    A imagem completa do álbum se completa com 'Iluminancia', cujos primeiros minutos são dominados por ambientes misteriosos, tornando-se então mais intensos sem deixar de lado a vibração contemplativa. A coda, entregue em violão clássico solo, perpetua o espírito romântico que impregnou o núcleo da faixa.

    Então, "Breve e Interminável" é uma joia do rock progressivo moderno (pós-anos 80, quero dizer), que não deve ser esquecida? Eu o recomendo como um ótimo complemento para qualquer boa coleção progressiva e, é claro, um dos muitos exemplos das contribuições poderosas (embora não bastante reconhecidas) que os países sul-americanos têm trazido para a preservação do rock artístico em todo o mundo.

    Tire suas dúvidas pelo whatsapp, fixo ou email. Abra nossos catálogos atualizados:

    Progressive-Jazz-Rock-IMP-NAC-3-Abas-CDs-LPs-DVDs-Megaprog-Catalogo : https://bit.ly/35w4Sor

    Metal+Classic-Pop-Rock-IMP-NAC-7Abas-CDs-LPs-DVDs-Megaprog-Catalogo: https://bit.ly/3joHMF2

    Detalhes
  15. DESEQUILIBRIOS - Desequilibrios(CD), Brazilian ProgRock a la Marillion,Gentle Giant, FRETE GRÁTIS
    R$35,00
    DESEQUILIBRIOS - Desequilibrios (CD), Brazilian Progressive Rock a la Marillion+Mutantes, Lacrado, que é uma outra banda na qual participa o tecladista  Fábio Ribeiro (ex-ANGRA e BLEZQI ZATSAZ) A guitarra é equilibrada de maneira uniforme com os teclados aqui, e até o baixista tem a chance de solo em uma faixa. Os vocais, do Paulo Preto, tem um estilo hiper-histriônico que lembra bandas francesas como ANGE. Muitas levadas neo-prog que lembram o MARILLION. Mas com os teclados e o estilo de escrita de influência clássica de Ribeiro, e algumas levadas surpreendentes como GENTLE GIANT aqui e ali, é fácil não caracterizam o CD como um neo-prog diretamente.     Detalhes
  16. TISARIS - The Power of Myth (CD), Brazilian-Progressive-Rock, Close to ELOY, Pink Floyd e Genesis, FRETE GRÁTIS
    R$35,00

    TISARIS - The Power orf Myth (CD) foi o 3o. CD dessa banda de rock progressivo brasileira, lançado com alta qualidade e soberbas produções progressistas no espírito dos anos setenta, alternando longas suítes estruturadas em várias partes, faixas instrumentais e algumas pequenas peças em álbuns conceituais retirados de uma ópera.


    Vocais expressivos, solos inventivos de guitarra e teclados e composições de soletração ricas e expressas compõem esses excelentes lançamentos.


    Aqui chegamos ao final da trilogia de Tisaris. Eles estão agora maduros como músicos; Ficou claro quando vemos o quanto a segunda Humanidade Uma vez melhorou se comparada com a primeira.


    Por todos esses aspectos, a energia da arte disponível para "The Power of Myth" nos trouxe um excelente esforço e termina a aventura de TISARIS de uma maneira muito apropriada, fechando com um trabalho de alto nível, seus três álbuns consistentes.


    Fãs progressistas devem ter muito orgulho de ter essa trilogia e muita sorte de estar em contato com a música deles, muito recomendado.

    Detalhes
  17. TELLAH - Continente Perdido (LP-Vinyl), Rare Brazilian Progressive a la PFM-SAGRADO-TERCO, Zerado
    R$130,00

    TELLAH - Continente Perdido (LP-Vinyl), Rare Brazilian Progressive a la PFM-SAGRADO-TERCO, M-/M-.

    Reedição de um dos mais raros LPs na época, em capa dupla com fotos e letras que não tinham no LP original (capa simples).

    Para os reais colecionadores que apreciam o ícone do rock progressivo italiano PREMIATA FORNERIA MARCONI, a sua maior influência. Um marco na história da cidade de Brasília.

    Detalhes
  18. AGNUS - Pinturas y Espresiones (CD), , Capa Xerox Cor, Fundo de Caixa e CD originais Novos, Raridade, Ultimas cópias em estoque !!!
    R$45,00

    Obra prima Argentina de 1980, relançada no Brasil em CD, com passagens medievais, muita flauta, guitars, violinos, e partes bem melodiosas,..

    ULTIMAS CÓPIAS EM ESTOQUE !!!!!! Detalhes
  19. PABLO EL ENTERRADOR - Same (1st CD), Rare Argentina 70s Symphonic Progressive, FRETE GRÁTIS
    R$40,00

    Provavelmente o grupo de neo-progressivo mais sofisticado de origem argentina. Natural da província de Rosário, ele surgiu no início da década de 70, mas só gravaram este álbum (seu primeiro trabalho) em 1983, já com a mais conhecida formação. Eles combinam uma refinada influência clássica com folk, rock e pitadas de jazz, tudo isto sempre delineado por uma melodia arrebatadora. Os arranjos com dois teclados dialogam perfeitamente complementando as belas passagens de guitarra e voz.
    Suas letras possuem caráter político, fruto dos anos de repressão da ditadura militar que dominou o país de 76 a 83, e ganham maior intensidade na bela voz de Blanc.
    Em Carrousell De La Vieja Idiotez percebe-se forte influência do Genesis de Peter Gabriel e Steve Hackett com os vocais se sobrepondo às texturas acústicas da guitarra, que também ajuda a criar novos climas e transições harmônicas com solos bastante criativos.
    Elefante De Papel, apesar de ter um refrão que se repete com mais frequência (lembrando muito algumas melodias do Milton Nascimento, entretanto com interpretação bem distinta) é um miniclássico, e foi o maior sucesso do álbum à época de seu lançamento.
    Quien Gira y Quien Suena se aproxima mais do estilo Genesis do álbum Trespass, próximo à “Vision of Angels”, com um belo coral no meio da faixa.
    Ilusión En Siete Octavos é uma faixa instrumental com várias quebras de ritmo e toques de fusion.
    Accionista é um pouco mais comercial, ao estilo de Alan Parsons Project.
    Dentro Del Corral tem bastante influência de Jethro Tull, tanto nas quebras de ritmo quanto nos riffs da guitarra.
    Espiritu Esfumado tem um belo arranjo de sintetizador e piano que nos lembra o Genesis de Tony Banks.
    La Herancia de Pablo é uma música instrumental essencialmente montada sobre bases de teclado que nos remete à fase de Wakeman no Yes.
    Com certeza este é um dos melhores álbuns de progrock da américa latina.
    Uma curiosidade : O nome do grupo é uma referência ao coveiro de um cemitério de indigentes localizado próximo à Rosário.

    1.Carrousell De La Vieja Idiotez (05:40)
    2.Elefante De Papel (05:06)
    3.Quien Gira y Quien Suena (05:45)
    4.Ilusión En Siete Octavos (04:51)
    5.Accionista (03:17)
    6.Dentro Del Corral (06:03)
    7.Espiritu Esfumado (03:53)
    8.La Herancia de Pablo (07:17)
     

    Detalhes
  20. AVE ROCK - Espacios (CD), Capa Xerox Cor, Fundo de Caixa e CD originais Novos, Raridade, Ultimas cópias em estoque !!!
    R$45,00

    Hard prog argentino lotado de hammond e solos de guitarras que lembram as bandas italianas dos anos 70

    Ultimas cópias em estoque !!!! Detalhes
  21. MARCO ANTONIO ARAUJO - Entre Um Silencio e Outro (CD), Rock Progressivo Brasileiro, Raridade, Ultimas cópias em estoque !!! FRETE GRÁTIS
    R$33,00

    Terceiro e incrível  CD dessa banda de progressivo instrumental, recheado de flautas, violinos, violões,.. num mix de Progressivo+clássico & MPB  com membros da Orquestra Sinfônica mineira+3 bonus.

    Detalhes
  22. ASA DE LUZ - The Link (CD), Rock Progressivo Brasileiro, ala CAMEL-SAGRADO, FRETE GRÁTIS
    R$35,00
    ASA DE LUZ - The Link (CD), Rock Progressivo Brasileiro, inflienciado por CAMEL, SAGRADO... Maravilhosa surpresa progressiva produzida e tocada pelo baixista Ivan Correa (Sagrado), com participação de + Marcus Viana nos violinos, lembra bastante e inclui membros do Sagrado Coração da Terra. Após as primeiras músicas do The Link, os ouvintes podem perceber que este é um álbum forte de rock neo-progressivo com momentos sinfônicos. As canções mais suaves, como "A Distância" e "Memórias de um Grande Amor", fazem lembrar a obra de Sagrado Coração da Terra, o que não é surpreendente, pois existem semelhanças definitivas em vários aspectos do som, como o masculino alternado / vocal feminino (às vezes operístico), tocar violino, arranjos sinfônicos e referências barrocas. A maioria das letras é em inglês e só há uma faixa em português ("Canção Perdida", que tem um ótimo solo de guitarra duelando com violino elétrico). Assim como Sagrado, as letras tratam de reflexões sobre a condição, atitudes e relacionamentos humanos. Detalhes
  23. SIGMA - Implemental View (CD) - Brazil Instrumental Progressive a la Camel e ERIS PLUVIA, FRETE GRATIS
    R$35,00

    SIGMA - Implemental View (CD) - Brazil Instrumental Progressive, melódico e sinfônico similar a bandas como ERIS PLUVIA e CAMEL, com longos e viajantes solos de baixo e teclados aliados a uma cozinha precisa 

    O som do SIGMA foi fortemente influenciado pelos clássicos do Prog Rock, mais particularmente eles parecem ter ouvido a discografia do CAMEL inúmeras vezes, porque compartilhavam o mesmo sentimento para um rock progressivo elaborado, suave e instrumental com leves toques jazzísticos e sinfônicos, impulsionados pelo guitarra suave e o som exuberante de sintetizadores, órgão e piano acústico.

    Considerando esse fato, eles soam extremamente semelhantes aos compatriotas DOGMA, tendo uma abordagem instrumental sensível com flashes Neo Prog modernos.

    Junto a CAMEL e ERIS PLUVIA, este trabalho totalmente instrumental tem algumas peças suaves e outras rápidas, sempre muito melódicas.

    O excelente baixista nos dá uma audição pouco útil em trabalhos de rock progressivo, com vários solos de baixo.

    ''Implemental view''' ainda contém algumas peças notáveis, por exemplo '' RUN '' é uma viagem 9-minutos, que nos leva de volta aos dias áureos do CAMEL do período '' O snowgoose '' com uma combinação de Symphonic e Canterbury Prog, baseado principalmente no órgão Hammond,

    O mesmo vale para a despedida '' WAVES '', enquanto '' GET OUT '' eventualmente oferece alguma energia necessária nas passagens instrumentais, destacada pelo trabalho de graves profundos e pela alternância entre sintetizador e órgão.

     

    Detalhes
  24. RECORDANDO O VALE DAS MAÇÃS-As Crianças da Nova Floresta II (CD), Instrumental 1992 -  Ùltimas cópias em estoque - FRETE GRÁTIS
    R$35,00

    RECORDANDO O VALE DAS MAÇAS (translated: Remembering The Valley Of Apples - RVM for short), é um ótimo exemplo do melódico prog-rock sinfônico instrumental brasileiro.

    Além da linha padrão de guitarra / teclados duplos / baixo / bateria, o som inclui violino, flauta e buzina digital.

    Sua música mistura em muito boas proporções as tranquilas passagens sinfônicas de um CAMEL com sabor brasileiro sul-americano (MPB), algumas reminiscências do país norte-americano, muitas texturas de bom gosto e até alguns brilhos barrocos e renascentistas.

    Com apenas um LP excepcional gravado em 1977: "As crianças da nova floresta" é um álbum progressivo clássico pesado, melódico e sul-americano dos anos 70.

    Isso é muito bem equilibrado entre a guitarra grande, tipo GILMOUR, a flauta em todos os lugares, teclados duplos e violão clássico.

    Aqui a influência do CAMEL e geralmente da luz sinfônica / luz Canterbury é evidente.

    Os arranjos são sempre muito bem feitos, musicalmente envolvidos e consistentemente interessantes.

    Recomendado se você aprecia bandas como o sul-americano "O TERÇO", "OS MUTANTES", "SAGRADO CORAÇÃO DA TERRA, PABLO EL ENTERRADOR e o clássico CAMEL.

    Detalhes
  25. ARION - Arion (CD), Brazilian-Progressive-Rock, Close-to-Renaissance-Yes-e-Genesis, Ultimas Copias em estoque, FRETE GRATIS
    R$40,00

    A banda mineira "ARION"  é considerada "O Renaissance Brasileiro", com vocal feminino tipo Annie Haslam e instrumental maravilhoso na linha 70s GENESIS+YES, excelente produtor GAUGHIN, ex-baixista do MARCO ANTONIO ARAUJO.

    ARION apresenta fortes influências de bandas clássicas dos anos 70 como Yes, ELP e Renaissance, com músicos criados em um contexto musical de música clássica, jazz e brasileira, então esses elementos também foram incorporados ao seu som.

    Detalhes

Lista Tabela

Direção Descendente

1-25 de 45

Página
  1. 1
  2. 2